Total de visualizações de página

quarta-feira, 1 de fevereiro de 2017

Bom dia!!!!!!
              Depois de tanto tempo sem postar nada resolvi contar um pouco da minha história deste período.Tanta coisa passou em minha vida , mas o que importa é que estou cada dia mais consciente da responsabilidade que tenho com meu corpo e minha saúde em geral.
              Fiz a bariátrica há 4 anos e nunca cheguei no meu peso que considero ótimo. Tudo bem, aceitei e fui levando a vida e aos poucos fui deixando de cuidar da alimentação. As roupas começaram a apertar e eu quando me dei conta já estava com 6 kg a mais, fora aqueles 3kg que nunca tinha eliminado.
              Pois bem, resolvi radicalizar e iniciei após muita pesquisa a alimentação LOW CARB. Estou adorando e meu corpo está agradecendo, ja tendo eliminado 2,2 kg em uma semana.Ao longo da etapa de emagrecimento vou postando meus resultados.Fiquem com Deus!!!

sábado, 26 de julho de 2014

Queridos, boa noite!
Fiquei muito tempo se postar, pois perdi meu chão e minha alegria inesperadamente.
Minha mãe sempre queixava de algumas dores e sempre estava aos cuidados dos médicos. Era médico do postinho, outra ocasião a levávamos em médico particular. Sempre uma dor que não sara.
Médico pedia exames e dizia, é reumatismo. Outro dizia que era coluna. Ela tinha antecedente de câncer de pulmão. Fazia acompanhamento de seis em seis meses. Tudo perfeito.
Dia 21 de março precisamos leva-la para o pronto socorro do HC, pois estava com dor insuportável na parte de cima da perna. Não queriam atender, diziam que ia demorar muito, para procurarmos um postinho que seria mais rápido. Minha irmã bateu o pé e falou, não tem problema demorar, mas hoje ela será atendida aqui!
Quando vieram fazer a triagem, a enfermeira registrou que a mamãe estava com falta de ar, colocou oxigênio nela e rapidamente foi atendida. Minha irmã contou tudo que nossa mãe vinha sentindo ultimamente e falou do câncer de pulmão. O médico muito solícito pediu um RX do pulmão, quando veio o resultado não podíamos acreditar. Seu pulmão estava com uma mancha que ele não sabia se era a cicatriz da cirurgia ou outra coisa. Pediu um oncologista para dar um parecer. O resultado acabou com toda nossa expectativa. O câncer infiltrou e tomou todo o pulmão e agora não tinha nada a fazer, só cuidados paliativos.
Foi muito triste, em dezenove dias minha mãe foi morar no céu, estou ainda purgando esta realidade, pois ela era a pessoa que eu mais amava nesta vida, aquela que me ensinou tudo e de quem eu herdei algumas habilidades.
Eu a amava muito e sinto muito a falta dela.
Um abraço a todos.

quarta-feira, 19 de março de 2014

Bom dia!!!!!
Depois de muito tempo sem postar alguma coisa, quero tocar num assunto muito sério com vocês. A gastroplastia  nos ajuda demais, mas o trabalho sério é com a gente.
Aos seis meses de cirurgia meu peso estacionou, era um número bom, IMC normal, mas não era meu peso META. Ficava indignada, pois comendo tão pouquinho e este peso estacionado. Resolvi que tudo bem, mas não estava feliz.
Semana passada, conversando com uma amiga e olhando outra que fez redução e estava engordando, tomei uma atitude. Comecei imediatamente um regime. Sempre gostei da dieta das notas, do Dr Guilherme, dieta esta que nos orienta manter um diário sobre nossa alimentação. Tem uma semana que comecei e o ponteiro da balança já desceu. Um quilo foi embora depois de 8 meses sem ver o ponteiro da balança se mexer. O problema é que comemos pouco e as vezes deixamos de prestar atenção no que estamos ingerindo, passando da conta mesmo em pequenas quantidades de coisas extremamente calóricas.
Fiz uma planilha onde coloco tudo que comi, quanto de notas posso consumir e a medida que vou anotando, vou sabendo quanto ainda posso comer no dia . Dá para ter uma visão muito boa e fazer planejamento para todo o dia. Fica muito simples e até divertido.
Com a nutricionista é quase a mesma coisa, ela diz: evite isto ou aquilo, coma tanto disto ou daquilo, mas parece que o cérebro dá uma escapada. Com a dieta das notas, podemos comer tudo que quisermos desde que respeitemos o limite de notas por dia, que é calculado de acordo com nossa altura. Nos obriga a fazer escolhas saudáveis, pois sabemos exatamente o que teremos pelo dia afora.
Estou muito feliz e quis dividir com vocês.
Um grande beijo a todos!!!!!

sábado, 5 de outubro de 2013

Quase um ano....

Estou quase completando um ano de cirurgia. Não me arrependo nunca, alias foi a melhor coisa que fiz por mim mesma.
Semana que vem vou fazer os exames e voltar na nutri e no cirurgião.
Meu peso parou de descer, apesar de eu querer eliminar mais dois kg. Continuo lutando.
Vou preparar um post comemorativo de um ano.
Beijos a todos.

sábado, 27 de julho de 2013

Otimismo....

OTIMISMO SEMPRE!

Procuro semear otimismo e plantar sementes de paz e justiça. Eu me esforço para ser cada dia melhor, pois bondade também se aprende. Mesmo quando tudo parece desabar, cabe a mim decidir entre rir ou chorar, ir ou ficar, desistir ou lutar; porque descobri, no caminho incerto da vida, que o mais importante é o decidir.
O que você faz? Como age perante as situações que lhe são colocadas como provas? Quais são as atitudes diante dos momentos impostos pela vida? Agir com o coração, com amor, garante que tenhamos paz e, que nossas atitudes sejam sempre para o bem e a felicidade, jamais causando o sofrimento, ou a dor em alguém. Sendo que a cada solução, as conseqüências nos trarão amor e paz. Se temos Fé, temos conosco a garantia de que nossas, atitudes estarão sempre amparadas por Deus. E com essa confiança é que faremos as melhores escolhas.
( Otimismo Em Rede )
Queridos seguidores, amo vocês. Tenham um lindo final de semana.

quarta-feira, 19 de junho de 2013

Fotinhas antes e depois



Felicidade total

Olá, dia 15/06/2013 completei 08 meses de gastro . Estou hiper feliz, e olhando para tráz acredito que hoje eu sou a pessoa mais feliz do mundo.
Algumas pessoas passavam por mim e não me cumprimentavam, como se não me conhecessem. Hoje até quem não me conhece me cumprimenta. O preconceito com os obesos é muito triste, aliás, qualquer preconceito é desumano.
Hoje estou com imc de 23,5. Normal. E a vida segue feliz.